H@_VIDA_DEPOIS_DOS_40
Make your own free website on Tripod.com







Nome: Tarciso






Contatos:

meu e-mail





meu site sobre o dízimo
e outros temas católicos:


Minha Página Católica

This page is 

powered by Blogger. Isn't yours?

apadrinhe uma criança
apadrinhe uma criança


CAROS NAVEGANTES:

os textos deste blog são de minha autoria, exceto quando for citada outra fonte




Blogs Coletivos
nos quais contribuo:


verso&prosa
encadeados


aos quatro
ventos







BLOGS PREDILETOS:

Não peço permissão para linkar (e, óbvio, deslinkar), mas se alguém não permitir o link aqui basta me alertar que eu removo, ok?!:

blog da
loba


blog do
camafunga


blog do
dirceu


coisas
de tio


cora
coralina


doce
rotina


entra
quem quer


fluxo da
consciência


jeanete
ruaro


joão
poeta


marcos
caiado


nada
demais


o micróbio e
suas infecções


oceanos
e desertos


pedro
paez


poeta
morto


pretensos
colóquios


profana
inquisição


rebel
bia


regis
marques


retalhos e
pensamentos


rodrigo setti's
place


sonhos
e utopias


teatro
da mente









O Ponto de Encontro dos Blogueiros do Brasil



Anel de Poesia
[ Inscreva seu site | | lista dos sites ]
[ aleatorio | <Anterior | Proxima> ]



tô no Blog List












online












28.2.07

dúvidas
 
processo
a vida elaborada
e o resultado
é a dúvida desarmada
aonde
quando
e porque
projeto
a mente disparada
e o resultado
é a dúvida assombrada
eu sou
e tenho
o que...
proponho
a fase restaurada
e o resultado
é a dúvida entranhada
o certo
o errado
e o ser?!...

verbo rasgado por tarciso


é possível comentar por aqui também

Comentando:



13.2.07

perspectiva
 
recomeçou quase desde o princípio
o que havia pausado
a trégua terminou
e a régua aterrisou
excluindo os descaminhos
o que lhe vem à cachola
de voltar maduro à escola
para a vida estudar?!
não sabe
permanece a dúvida
redobrada em tensão
em todo o caso
de todo modo
o tempo soberano
desenrolando o plano
respostas lhe dirá...

verbo rasgado por tarciso


é possível comentar por aqui também

Comentando:



2.2.07

águas
 
uma gota solo
em forma de oceano
transpõe os milênios
pra invadir meus sonhos
um pingo de nada
feito eu encharcado
a gotejar sem planos
com a sede das águas
e o clamor das enxurradas
sou o barro modelado
com a têmpera
das sombras
e das dores disfarçadas...
mas o teu sorriso baila
quase zombeteiro
entre lábios carnudos
quando a gota
em lágrima
lava os meus sentidos
e acelera as tardes
em busca do orvalho
que nós condensamos
em tonéis de mágoas
pelo mais e pelo menos
pelo tudo e pelo nada
até que nosso pântano
coma o anoitecer
embeba a madrugada
e ameace os dias
em noites geladas
...

verbo rasgado por tarciso


é possível comentar por aqui também

Comentando:



1.2.07

semente do carmelo
 
conheço pequena alma
que é conquista do Senhor
pois já ama o abandono
nos braços do bom pastor
e hoje adentra a porta
ao redil dos escolhidos
tem o nome de arcanjo
um garoto, não um anjo
se aventura
abraça a cruz
e na véspera da Luz
das Candeias de Maria
iça as velas e navega
para mergulhar no Amor
muitas almas o acompanham
e entre tantas a minha
até chegar à montanha
que precisa escalar
rumo aos cumes elevados
onde exalam sublimes
os perfumes do carmelo
que o hão de impregnar

verbo rasgado por tarciso