Make your own free website on Tripod.com

O DÍZIMO E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS


- A comunidade que faz a opção pelo dízimo e a consolida como principal fonte de sua sustentação experimenta uma radical mudança qualitativa para melhor quando comparada com um sistema de sustentação financeira baseado em taxas e eventos de arrecadação.

- Da mesma forma o paroquiano que adere a esse mecanismo de cooperação percebe uma mudança substancial na qualidade de sua experiência religiosa.

Em verdade, a opção pelo dízimo é um ato revestido de consequências que vai alcançar toda a vida do cristão e da comunidade que a realiza.

Consequencias do Dízimo na vida pessoal:

- A primeira consequência é o enfoque novo do sentido de pertença que é trazido pelo compromisso concretamente assumido pela opção dizimal.

- A segunda consequência é a libertação experimentada pelo dizimista em relação a toda ganância e valorização excessiva do dinheiro. Afinal não é fácil para ninguém vencer o apego aos bens, o preconceito do mundo e "abrir mão" de uma parte considerável dos seus rendimentos.

- A terceira consequência é adquirir a clara consciência de que todos os bens tem sua origem em Deus e que o seu bom uso promove uma revolução nas leis aritméticas: o dizimista percebe claramente que realiza agora mais com noventa do que antes conseguia com cem.

- A quarta é a clareza nítida de que o Dízimo não é uma moeda de troca: dar alguma coisa para receber outra em dobro. Não, ser dizimista é ser alguém que adquire consciência de seu papel na comunidade de irmãos: É responsável, é consciente, é consequente, nada desperdiça, faz bom uso dos bens materiais e espirituais, sente-se parte de um corpo e coopera com o corpo todo, sabendo que o bem dos outros é o seu próprio bem.

- Para o dizimista consciente, prosperar corresponde a avançar no caminho da fé e não acumular patrimônio e saldo bancário. Compreende que o real sentido da existência experimenta-se na comunhão. Comunhão com Deus, consigo próprio, com a família e entre os irmãos na comunidade onde pode partilhar-se e tomar parte, integrado, feliz, bem-aventurado!

Consequências do Dízimo na vida comunitária:

- O dízimo, numa comunidade conscientizada, liberta-a das preocupações imediatistas com os problemas de natureza financeira e o desgaste causado pelos eventos de arrecadação quase sempre fora do contexto da verdadeira religião.

- Deixa o padre completamente livre para exercer o seu ministério, sem o constrangimento de depender e depois ficar à mercê de empresas ou indivíduos que contribuem nem sempre de forma desinteressada.

- Permite que a comunidade tenha o seu orçamento contemplando as dimensões alcançadas pelo dízimo: a religiosa, a social e a missionária.

- Permite ainda que a comunidade determine - com a medida de sua fidelidade e generosidade - a intensidade e a qualidade de sua ação apostólica e evangelizadora na construção do edifício espiritual, bem como ao lado disso e no nosso caso concreto - também a rapidez ou lentidão com que progride a construção do nosso novo templo.




Por favor, para me ajudar a melhorar o conteúdo do site, manifeste seu elogio, sugestão ou crítica sobre este artigo. E, ao comentar, informe também o nome de sua paróquia, cidade e estado. Muito obrigado pela colaboração!






O que você deseja fazer?

voltar à página de artigos publicados em jornais e revistas

voltar à página geral de textos sobre o dízimo