Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

domingo, 28 de junho de 2009

flashes

Como num flash inesperado, eu vi toda a poesia do mundo nas pétalas daquela rosa. A lágrima que rolou - não sei, - seria minha, seria da rosa, seria uma gota isolada caída dos olhos de Deus chorando as coisas criadas?!
Pensei no mundo, pensei na vida, pensei num pensamento sem fim e viajei perdidamente exasperado fazendo buscas interiores, das cores vivas ora esmaecidas, dos risos cristalinos ora reticentes, dos rostos mais lindos que iluminavam a vida da gente. Foi aí, num repente, como num flash inesperado eu vi... A imagem repentina feito uma seta certeira acerta a letra, a sílaba, a frase sorrateira que mergulha sob os sentidos e adentra o canto mais escondido onde se pode chorar enternecido olhando pétalas caídas.
E a imagem toi tão vívida e real que a impressão nunca se esvai e a rosa despetalada e as pétalas daquela rosa se tornam os meus versos, preenchem definitivamente meus universos com sua poesia escancarada...

1 Comentários:

  • Às 28/6/09 23:33 , Blogger Márcio Vandré disse...

    Às vezes temos um estalo e as coisas acabam ganhando tonalidades que não existem na aquarela da vida.
    Resta sabermos aproveitar o momento e tornar o quadro mais belo.
    Antes que o devaneio se esvaia na lacuna do inconsciente.

    Belo texto.

    Abraço!

     

Postar um comentário

<< Início