Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

tempo perdido

Meus neurônios se chocam e me deixam zangado com Spinoza porque para ele o tempo não existe. E eu perdendo um tempo enorme com algo que não existe. O que existe é a demora... Mas essa demora não significa que o tempo transcorre e sim que dura... É duro concordar, mas de fato o que o ponteiro do relógico marca não é o tempo e sim a duração do percurso da terra em torno do sol. 24 horas não é o tempo de um dia mas a sua duração. E eu aqui tentando me recompor... quanto tempo perdido!!!

2 Comentários:

  • Às 21/9/08 21:12 , Blogger Avulsos disse...

    O tal do Baruch de Spinoza é um dos filósofos mais complexos. Mas no que diz respeito ao tempo, ele parece ter razão. Por outro lado, zangar os neurônios com uma leitura inteligente é sempre um bom negócio. Então, permita-me fazer votos de que sua leitura (parafraseando vinícius de moraes)dure a eternidade necessária para seu entendimento!!

     
  • Às 30/9/08 21:10 , Anonymous Anônimo disse...

    http://www.faraway.blogger.com.br/

    Oh, obrigado senhor, ele ainda escreve! o//

     

Postar um comentário

<< Início