Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

terça-feira, 6 de maio de 2008

formigueiro

      Não é por falsa humildade que afirmo saber muito pouco entre todos os saberes, – é mera constatação. E mais, do pouco que sei, a maioria das coisas assustam ou esmagam por revelar o meu real tamanho diminuto. Formigo interiormente, formigam as minhas mãos, o sangue foge formigante nas veias. Me sinto uma formiga em lerdo movimento e vou arrastando um nada que pra mim é folha enorme tombando ora para lá ora para cá - refém do ondulante movimento ou sob o sopro de qualquer vento. Como ela, me lambuzo em doces e traço folhas verdes – mas também me diferencio pelo instinto carnívoro e soçobro à inclinação autodestrutiva me desmontando pensativo em muitas peças mentais que nem sempre se reencaixam. Isso, por vezes, faz de mim triste figura. Então suo, tremo e formigo. Mas, incansável igual a ela, vou insistindo quixotescamente e retomo a caminhada, vergado à folha da vez...

2 Comentários:

  • Às 10/5/08 14:20 , Blogger biazinha disse...

    Nunca sabemos o suficiente, há sempre um assunto que surge a ser descoberto, e até quem sabe muito, sabe pouco.

    Beijos.

     
  • Às 11/5/08 14:51 , Anonymous Anônimo disse...

    http://www.faraway.blogger.com.br/

    "Quando a gente acha que já viu/viveu de tudo..." - ainda bem que é assim.

     

Postar um comentário

<< Início