Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

quinta-feira, 6 de março de 2008

infusões

no território das sensações
a volúpia dos enganos
escolta tua pele desnuda
retardando a iminência
da lava em ponto de explosão
até o momento inadiável
de sublime instinto
que antecipo e sinto
nos planos da emoção
em teus braços submerso
perco a clareza no verso
e me inundo de paixão
num mergulho denso
esmoreço
e minha identidade difusa
se desvanece na tua
jazem gotas singulares
no plural
dessa fusão

4 Comentários:

  • Às 6/3/08 13:20 , Blogger biazinha disse...

    Tioooo, que poema sexy!
    quem é a musa?
    Lindooooooooo poema!
    Vc não veio me visitar, então vim aqui te ver.
    Até sabado eu mudo de post.
    Kiss and love.

     
  • Às 6/3/08 13:56 , Blogger HenriqueM disse...

    Bastante intenso o poema.
    Quando vejo um poema com rimas, eu tenho mania de o ler no mínimo umas três vezes, e depois cantar no ritmo do repente. Adoro repentes, mas não sou bom de criá-los.

    Mas enfim, sobre isso, creio que o seu poema não combine muito. Ele fica melhor lido mesmo, pois é algo intenso e ler com calma é melhor para sentir os sentimentos nele expresso.

    Parabéns.

    ---
    Obrigado por comentar em meu blog.
    Volte sempre que puder.

     
  • Às 6/3/08 14:07 , Blogger .Ná. disse...

    Uau! Que poema, querido!!! É de arrepiar a intensidade dele!
    Beijos

     
  • Às 7/3/08 02:35 , Blogger Davi Arloy disse...

    Forte né?! Muito bom seu blog Tarciso, gostei do detalhe do "h@ vida ..." bem criativo.

    Abs

     

Postar um comentário

<< Início