Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

sábado, 2 de fevereiro de 2008

frutos maduros



sorvo um trago gelado
e abraço a imensidão infinita
ao meu redor crianças em burburinho
não me incomoda o alarido
aprecio a bruma e a vastidão do mar
descalço mergulho os pés na areia
um torpor me invade a alma
descanso absorto e calmo
tuas mãos desalinham meus cabelos
não peço quase nada
me bastam tais momentos
e a certeza do teu amor maduro
se estás ao meu lado
nestas tardes quentes
assim indolente
é tudo o que preciso
para viver feliz...

3 Comentários:

  • Às 3/2/08 01:06 , Blogger mADAME F. disse...

    http://www.faraway.blogger.com.br

    NOSSA!

    QUE LINDO!

    POXAAA! *.*

    TÃO BOM LER COISAS ASSIM!

    Postei a segunda parte! ;)

    Tem um filho adotivo? LINNNDOOO!!!

     
  • Às 3/2/08 17:22 , Blogger Adri - Dri - Drika disse...

    Precisamos de muito pouco para ser feliz, mas nem sempre nos damos conta disso... Bju e briagda pelas felicitações.

     
  • Às 4/2/08 03:28 , Anonymous Luiz O. disse...

    Interessante...Pelo comentário no meu blog, obrigado! Volte sempre! Não atualizo freqüentemente por falta de leitores mesmo...
    Agora, pelo poema postado, melembrou muito uma música que eu escrevi quando ainda era criança...Tentei relembrar um trecho:

    Mas enquanto eu estou aqui
    Sofrendo, sonhando, tentando, morrendo
    Vivo um martírio sem nexo
    Que só mesmo a calmaria das suas águas
    A brancura e maciez de suas areias
    Conseguem me acalmar

    Na minha rede, na varanda
    Apreciando a maresia
    Sentindo o cheiro da areia
    Coloco os pés em água fria
    E me deixo levar

    e por aí vai...

    Parabéns, muito inspirador!
    Abraços...

     

Postar um comentário

<< Início