Make your own free website on Tripod.com

            H@ VIDA DEPOIS DOS 40

...com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas...

terça-feira, 28 de novembro de 2006

zombaria

desisto do passeio
no meio das metades
assisto sobre o muro
o intrépido murmúrio da cascata
desligo tudo nessa ponte
até que alguém aponte
a minha ruptura estagnada
e o preço da fratura calculada
depois eu quito esta fatura
com todos os quilates naufragados
mergulho à procura de tesouros
aonde os advinho soterrados
não sigo em linha reta
e a meta é usurpada
só resta de grandeza
o rombo do vazio encontrado
ressurjo pobre dos escombros
e levo nos meus ombros
os quilos da esperança sonegada
enquanto um riso zombeteiro
ecoa verdadeiro
em bocas primitivas
na calçada